10 dicas infalíveis para fazer seu dinheiro render mais

DESTAQUES Finanças Pessoais POSTS

Como fazer o dinheiro render mais é uma dúvida muito comum entre as pessoas, principalmente em momentos de instabilidade econômica, em que se observa o aumento da inflação, do desemprego, da taxa de juros etc., que fazem com que o poder de compra da população seja reduzido.

Se você pretende preservar o seu patrimônio e não quer que o seu orçamento seja comprometido em cenários como esse, é importante a adoção de alguns comportamentos e medidas para viver com segurança e tranquilidade.

Por esse motivo, preparamos este post para apresentar a você algumas dicas para que o seu dinheiro possa render mais ao longo do tempo. Boa leitura!

1. FAÇA UM BOM PLANEJAMENTO FINANCEIRO
Sem um planejamento financeiro adequado, os seus objetivos de curto, médio e longo prazos são mais difíceis de serem alcançados. Portanto, faça o controle das suas receitas e despesas por meio de anotações, planilhas, aplicativos etc.

O importante é que você esteja sempre consciente dos limites financeiros disponíveis para serem utilizados com segurança e sem comprometer o seu orçamento. Afinal, ninguém quer fazer uma viagem que não foi planejada e, no mês seguinte, ter saldo insuficiente para pagar suas despesas básicas como alimentação, não é mesmo?

2. PESQUISE ANTES DE COMPRAR
Com a diversidade de produtos e serviços disponíveis no mercado, você pode encontrar a mesma opção por valores bem diferentes, principalmente se comparar os preços praticados pelas lojas físicas com os das virtuais.

Portanto, pesquise e faça um comparativo de preços antes de efetuar qualquer compra, principalmente aquelas de maior valor agregado, pois, com certeza, você encontrará alternativas mais econômicas. Caso não consiga um preço melhor para um mesmo produto ou serviço, procure por substitutos próximos, que possam atender igualmente às suas necessidades.

3. EVITE REALIZAR COMPRAS POR IMPULSO
Esse é um hábito bastante comum nas pessoas e que você deve evitar se quiser que o seu dinheiro renda mais. Uma dica interessante é fazer uma reflexão antes da compra, portanto, faça perguntas a você mesmo sobre a real necessidade dessa aquisição, se você não tem nada semelhante, se é a melhor opção nesse momento etc.

Com um comportamento moderado, você evita gastos desnecessários e consegue economizar dinheiro para ser utilizado em outras finalidades.

4. TENHA UMA RESERVA DE EMERGÊNCIA
Um fundo emergencial para gastos inesperados é imprescindível para que você tenha segurança financeira. Portanto, reserve uma parte dos seus recursos para suprir alguma eventualidade como a compra de remédios ou para lidar com um período de desemprego.

Com isso, você não precisará recorrer a empréstimos bancários e se sujeitar a pagar altas taxas de juros no momento de uma emergência. Alguns especialistas recomendam que você tenha como reserva um valor suficiente para cobrir até três meses de despesas.

5. ESTABELEÇA OBJETIVOS CLAROS
Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve, não é mesmo? Portanto, se não tiver metas específicas para o uso do seu dinheiro, você pode tomar decisões erradas que ocasionem impactos negativos no seu orçamento.

Tenha objetivos de curto, médio e longo prazos, e valie periodicamente a trajetória percorrida para saber se eles serão alcançados. Além disso, não tenha receio de traçar novos rumos quando necessário.

6. ESCOLHA INVESTIMENTOS SEGUROS
Não adianta você adotar todos os comportamentos que mencionamos até agora para fazer o seu dinheiro render mais, e decidir aplicar todas as suas economias em investimentos de alto risco. Isso porque, em uma oscilação negativa do mercado, você pode perder tudo de uma só vez!

Portanto, dê preferência para investimentos seguros como Tesouro Direto, Letra de Crédito Agropecuário (LCA), Letra de Crédito Imobiliário (LCI), Certificado de Depósito Bancário (CDB) etc., principalmente se você não é um investidor experiente. Assim, é possível ter maior segurança e rentabilidade para os seus recursos.

7. INICIE UMA PREVIDÊNCIA PRIVADA
A aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) nem sempre é suficiente para manter o padrão de vida que você teve ao longo da vida. Portanto, faça uma previdência privada, que atue como um investimento de longo prazo para complementar os seus rendimentos quando você estiver aposentado.

Com isso, você garante uma aposentadoria tranquila, com recursos suficientes para cobrir todas as despesas necessárias para o seu conforto e segurança. Além disso, você pode aproveitar para fazer viagens, passeios etc. — o importante é viver com qualidade e sem preocupações financeiras.

8. TENHA UM SEGURO DE VIDA
Esse seguro oferece proteção, tanto ao titular quanto aos seus dependentes, contra imprevistos que podem resultar na perda total ou parcial da renda.

Ele protege os herdeiros em casos de falecimento, e o segurado na ocorrência de invalidez temporária ou permanente. Existem diversas opções disponíveis no mercado, portanto, pesquise e escolha aquele mais adequado ao seu perfil e padrão de vida.

9. TENHA SEGURO NO CARRO E NA RESIDÊNCIA
Ter um seguro no veículo é fundamental para proteger o seu bem contra eventualidades, como roubos ou colisões. Como você sabe, os gastos com reparos automotivos são muito elevados e, em alguns acidentes graves, ele pode ser até inutilizado. Por isso, não deixe de contratar uma proteção para o seu carro.

O seguro residencial é igualmente importante, já que protege o seu patrimônio contra eventualidades como incêndios, enchentes etc. Portanto, verifique as coberturas necessárias para a sua casa, para que você fique sempre seguro e protegido.

10. CONTRATE UMA CORRETORA ESPECIALIZADA
O auxílio de uma empresa especializada é extremamente relevante para que você tome boas decisões com o seu dinheiro. Por meio dessa assessoria, você descobre as melhores formas de alocar seus recursos, de forma segura e rentável.

Portanto, pesquise sobre a credibilidade da empresa no mercado, a opinião de clientes, a sua capacidade na resolução de problemas etc., para que você tenha o máximo de segurança nas suas operações.

Todas essas dicas são importantes para que tenha maior segurança financeira e qualidade de vida. O importante é que você faça o uso dos seus recursos com racionalidade e tenha o auxílio de uma consultoria especializada para direcioná-lo em suas decisões.

Gostou deste post? Entendeu como fazer o seu dinheiro render mais? Se você quiser saber mais sobre o assunto e receber mais dicas como essas, assine a nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Até a próxima!