4 tipos de seguro que todo mundo deveria ter

POSTS Seguro de Vida

Há vários tipos de seguro no mercado e muita gente tem dúvida sobre a importância de cada um deles. Quais são realmente necessários e para quem? A verdade é que estar segurado contra acidentes em várias áreas da vida pode livrar você de grandes dificuldades.

Neste post, você vai conhecer quatro tipos de seguro que toda pessoa deveria ter para usufruir com maior tranquilidade a vida e aproveitar tudo o que ela tem a oferecer!

SEGURO DE VIDA
Um seguro de vida protege tanto o titular quanto seus dependentes contra imprevistos que coloquem em risco a vida e as condições de trabalho. As coberturas por morte natural e acidental amparam a família diante da possibilidade de ausência do responsável financeiro.

Assim, ninguém tem que passar pelo trauma de enfrentar dificuldades financeiras, além de perder um ente querido — o que, por si só, já é bem difícil.

Já a cobertura por invalidez permanente protege até o próprio titular, caso a perda de algum membro ou problemas com a função de algum órgão o impeçam de trabalhar e manter a segurança familiar.

SEGURO DE AUTOMÓVEL
Um carro está entre os primeiros bens que as pessoas costumam conquistar. Quando se fala em formar patrimônio, logo pensamos na dupla: automóvel e casa. A importância dele vai além do status ou do conforto. É uma questão de necessidade, especialmente quando se tem uma família. Os pais precisam ir ao trabalho, deixar os filhos no colégio, voltar em casa se houver uma emergência etc.

Ter um seguro de carro evita que essa conquista tão importante seja jogada fora por causa de um roubo, um incêndio ou uma colisão, por exemplo. Mais que isso, os seguros de automóveis oferecem coberturas para os passageiros do veículo e até para custos judiciais, caso necessário.

SEGURO RESIDENCIAL
Esse é um dos tipos de seguro parceiro da dupla patrimonial de que falamos. É ainda mais importante que o carro, pois sua conquista é bem mais difícil, por causa do alto valor. Deixar sua casa sem a proteção de um seguro residencial é sujeitar sua família ao risco de ficar sem um teto, diante de uma situação de incêndio, enchente ou outras ocorrências semelhantes.

Além disso, um seguro também possui proteções adicionais, incluindo a cobertura para eletrodomésticos por descargas de raios, que podem fornecer uma segurança a mais à sua família, garantindo seu bem-estar de forma completa.

SEGURO VIAGEM
Muita gente não tem ideia do quanto é essencial ter um seguro viagem, até que passa por uma dificuldade em terras desconhecidas. Você nunca está completamente amparado quando acontecem incidentes longe de casa. Passar por problemas médicos ou acidentes em um lugar distante, sem apoio familiar e de amigos, pode estragar as férias da família, um bom negócio e até colocar em risco sua vida.

Em viagens internacionais, além da exigência legal desse tipo de seguro (para alguns países), ainda há a preocupação com gastos médicos, já que os sistemas de saúde nem sempre funcionam de forma gratuita. Uma emergência internacional pode dar um prejuízo enorme para seu bolso.

Em terras brasileiras, o seguro viagem também não é dispensável, especialmente quando inclui coberturas para eventos muito comuns de acontecer — o extravio de bagagem e a perda de um voo, por exemplo.

Há um ditado que diz que “o paradoxo dos imprevistos é que eles podem ser evitados”. Você com certeza não tem controle sobre incidentes em seu caminho, mas certamente pode se precaver contra suas consequências. Portanto, vale a pena dar atenção especial a esses tipos de seguro e se programar para contratá-los.

Quer saber mais sobre o assunto? Assine nossa newsletter e tenha sempre novas e importantes informações diretamente em seu e-mail!