5 sinais que indicam a necessidade de passar por um processo de coaching

Carreira DESTAQUES POSTS

A rotina das pessoas é tão agitada que até mesmo seus sonhos e desejos são atropelados por milhares de e-mails e compromissos. Nesse cenário de caos, o processo de coaching é a ferramenta ideal para que elas se organizem e busquem satisfação com suas realizações.

Conduzido por um coach habilitado, o processo de coaching auxilia no autoconhecimento e desenvolvimento das habilidades necessárias para ter um planejamento objetivo de crescimento, profissional ou pessoal.

Você não tem sentido realização no final do dia? Sente que está fora do controle dos acontecimentos da vida? Conheça os 5 principais sinais de que você precisa de um processo de coaching. Vamos lá!

1. SENSAÇÃO DE QUE PRECISA CRESCER PROFISSIONALMENTE
Estar estagnado na profissão pode ser um alerta de que é preciso avaliar seu posicionamento e suas atitudes profissionais. Isso não significa dizer que é preciso sempre trocar de cargos, afinal, alguns profissionais não têm perfil gerencial, por exemplo.

Se é esse o caso, mesmo aqueles profissionais com habilidades técnicas podem evoluir, envolver-se em projetos internos ou, até mesmo, propô-los à diretoria.
Com o coaching, a visão estratégica pode ser explorada e organizada para que o profissional enxergue quais devem ser suas ações.

2. DESEJO DE DESCOBRIR NOVAS HABILIDADES
Outra sensação que pode sugerir a intervenção de um coach é a falta de desafios. Um profissional liberal, muitas vezes, não tem a competição direta e, por isso, nem sempre se vê obrigado a descobrir novas habilidades e diferenciais para seu trabalho.

3. SUGESTÕES DO PROCESSO DE COACHING POR AMIGOS
A opinião dos amigos e familiares queridos deve ser levada a sério quando o assunto é o desenvolvimento pessoal ou profissional, afinal de contas, eles nos querem bem, não é mesmo?

Pessoas próximas têm uma leitura externa do que se passa na nossa vida e podem enxergar a necessidade de uma reformulação ou de um reequilíbrio profissional ou pessoal.

Existem muitas áreas de coaching, como aquelas com foco no estilo de vida, que podem ajudar na redução de peso e de timidez; outras, com foco profissional, dão apoio ao desejo de mudar de empresa, estudar outros idiomas e lidar com relacionamentos comerciais. Com a opinião externa, entender a qual modalidade recorrer pode ser mais fácil.

4. VONTADE DE MELHORAR FRAQUEZAS E DESENVOLVER QUALIDADES
Com as experiências vividas, muitas vezes, os profissionais já conseguem identificar suas fraquezas e pontos fortes, não sabendo, porém, como se livrar delas ou otimizar as habilidades.

Toda vez que a fraqueza é mais forte, o profissional se frustra com sua incapacidade de mudar. Com o processo de coaching, as soluções são organizadas em passos simples e fáceis de serem concretizados, gerando grande satisfação com o controle obtido.

5. INSATISFAÇÃO COM O EMPREGO ATUAL
Alguns profissionais se aprontam para ir trabalhar com uma tristeza enorme — não porque gostariam de relaxar, mas porque o trabalho é estressante, não gera sensação de valorização e entrega um retorno financeiro insatisfatório. Essa insatisfação também é um sinal de que o coaching pode ser a solução necessária para dar um direcionamento de carreira.

O processo de coaching e os profissionais que o aplicam especializam suas atuações para áreas específicas da vida, mas, uma vez que seus ensinamentos são colocados em prática e dão resultados, a satisfação e a autoestima contagiam todas as outras. A carreira, no entanto, continua sendo uma das áreas mais trabalhadas por coachings.

Você quer progredir na sua carreira e está pensando em contratar um coach? É uma ótima decisão, mas, além dela, temos um artigo com outras 5 estratégias para ser promovido que devem ser analisadas. Não deixe de conferir!